• Facebook Black Round
  • Twitter Black Round
  • Instagram - Black Circle
  • Blogger - Black Circle

© 2016 por Estação das Letras e Cores Editora Ltda.

TELEVISÃO e PRESENÇA
uma abordagem semiótica da transmissão direta

 

Autora: Yvana Fechine

 

A perspectiva original de abordagem da televisão, em especial, da transmissão direta, que Yvana Fechine assume neste livro é que o sentido de presença midiática emerge da correspondência entre temporalidades vividas pelo sujeito. Assim, a duração do discurso da TV é explorada como correlata à duração dos fatos do mundo. Destinadores e destinatários são sintonizados no desenrolar dos acontecimentos que funcionam como o espaço comum de suas interações. Produzem-se aí efeitos de contato entre os sujeitos e entre o sujeito e o mundo. Nessa situação de transmissão, que inclui produção e recepção, o universo televisual e o extratelevisual se vinculam, a TV torna-se uma instância de organização do cotidiano. Para compreender os processos de significação nesta e em outras mídias é necessário também uma semiotização do “vivido”.

 

Essa proposição integra o projeto da atual Semiótica, desenvolvido a partir do livro Da Imperfeição, do semioticista lituano Algirdas J. Greimas, e, mais precisamente, da Sociossemiótica de Eric Landowski, na exploração das relações entre regimes de sentido e regimes de interação. A problemática da presença , que emerge de um dos tipos de interação possível entre sujeitos, foi introduzida por ele a partir de Presenças do Outro (publicado na França em 1997 e, no Brasil, em 2002). Mas, enquanto suas análises centram-se em tipos de interação face a face, a ousadia de Yvana Fechine é estender essas conceituações para o estudo da comunicação televisual. O campo do televisivo ganha assim uma abordagem nova que, sem dúvida, contribuirá para ampliar o conhecimento sobre o meio, propondo novas investigações sobre os modos de presença dessa mídia de grande penetração na cotidianeidade do brasileiro. Ao descrever um tipo de interação que se dá na e pela duração compartilhada na transmissão, Yvana Fechine chama a atenção para o sentir juntos como a dimensão provavelmente mais significativa na compreensão da produção de sentido na televisão e, em particular, dos novos rituais celebrados nos acontecimentos midiáticos.

 

Ana Claudia de Oliveira
Professora do Programa de Estudos Pós-graduados
em Comunicação e Semiótica – PUCSP
Co-diretora do Centro de Pesquisas Sociossemióticas.

TELEVISÃO e PRESENÇA uma abordagem semiótica da transmissão direta

REF: 0084
R$30.00Preço
  • ISBN: 978856016608-4
    Ano de publicação: 2008 
    Nº páginas: 256

    Medidas do livro: 14x21 cm 
    Peso: 0,361 kg