GILSON MARTINS

Gilson Martins a história do designer Gilson Martins, começou a se definir no berço. Filho de um estofador e uma costureira, passou a infância e a adolescência em uma escola que possibilitava experimentações. Aprendeu um pouco de tudo em sua infância, no convíviu diário com as cores, formas e variados materiais como o couro, o plastico, os tecidos além de tachas, pregos e sobretudo idéias e soluções. Foi criado na parte alta do bairro Santo Cristo de onde se avistava o Pão de Açucar, a Baía de Guanabara, o Cristo Redentor e o prédio da Central do Brasil ao lado de tios, inúmeros primos e amigos em uma espécie de vila familiar. Enfrentou adversidades e críticas relativas a seu comportamento extravagante. As barreiras e dificuldades em sua vida foram ultrapassadas com persistência e uma certa teimosia.

O tino comercial também despertou cedo. Quando criança vendeu bilhetes de loteria esportiva, goiabas e pitangas, fez pipas e almofadas, ajudava os vizinhos nas reformas de suas casas. Só não se conformou em trabalhar como boy aos 15 anos.

A vocação artística consolidou-se na Escola de Belas-Artes. Já no inicio do curso, nasceu o modelo de sua primeira bolsa, vendida às colegas da faculdade, suas maiores divulgadoras e incentivadoras. Seu trabalho se consolidará com o uso de materiais não convencionais, diferencial este que caracteriza suas criações.

A partir da coleção de bolsas com a bandeira do brasil, seu nome e sua marca tornam-se mais conhecidos. Ao firmar-se no mercado, pôde dar asas a inúmeros sonhos.

 

Livro: 

Gilson Martins - Viajando no Designer

  • Facebook Black Round
  • Twitter Black Round
  • Instagram - Black Circle
  • Blogger - Black Circle

© 2016 por Estação das Letras e Cores Editora Ltda.