• Facebook Black Round
  • Twitter Black Round
  • Instagram - Black Circle
  • Blogger - Black Circle

© 2016 por Estação das Letras e Cores Editora Ltda.

ANA CLAUDIA DE OLIVEIRA

Ana Claudia de Oliveira é professora titular da PUC-SP. Dirige pesquisas e ministra cursos no Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Semiótica, no eixo teórico da Semiótica Discursiva,
interessando-se por textos das mídias e das artes.

Publicou os livros Neolítico/Arte Moderna, Fala Gestual e Vitrinas, acidentes estéticos na cotidianidade. Entre as suas organizações de publicação coletiva, destacamse: Semiótica plástica; Semiótica, Mídia e Arte, número especial da revista Nexos; Pós graduação de Educação
da Universidade Anhembi Morumbi ; em co-editoria: com E. Landowski e R. Dorra, a coletânea Semiótica, estesis, estética; com E. Landowski, Do inteligível e o sensível, e com Y. Fechine, Imagens técnicas, Semiótica da arte, visualidade, urbanidade, intertextualidade.

Tem publicado suas pesquisas no campo da Moda, nas seguintes fontes: coleção Stylus, dirigida por J. Guinsburg, nos volumes: O Classicismo (1999), O Expressionismo (2001), O Pós-Modernismo (2004), O Surrealismo (2008) e, em Revista Gragoatá: "Moda-Pintura".

É membro-fundadora do Centro de Pesquisas Sociossemióticas (CPS), no qual atua como co-diretora desde 1994, editando a publicação anual do Caderno de Textos (13 números) e a coleção Documentos de estudo (quatro números). Participa de várias associações de pesquisadores, tendo sido presidente da Associação Brasileira de Estudos Semióticos - ABES, de 2003 a 2005, Associação Nacional de Pesquisadores em Artes Plásticas - ANPAP, de 2000 a 2002, Associação Internacional de Semiótica Visual - AISV, de 1996 a 1998. Atua também como consultora científica de PUC-SP-CEPE, FAPESP, CNPq, CAPES.

Como consultora, atua no âmbito das organizações, da publicidade e da marcas.

 

Livros: 
Corpo e moda; por uma compreensão do contemporâneo

LINGUAGENS NA COMUNICAÇÃO - desenvolvimentos de semiótica sincrética
As Interações Sensíveis 

Do sensível ao inteligível. Duas décadas de construção do sentido 

São Paulo público e privado - Abordagem sociossemiótica

Sentido e Interação nas Práticas: Comunicação, Consumo, Educação, Urbanidade

Sentidos do Consumo: os desafios do cenário contemporâneo à luz da semiótica de Greimas

SÃO PAULO E ROMA - Práticas de vida e sentido